Publicidade!

Publicidade!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Definidas as datas de posse dos padres e diáconos

Dia 02/01, às 19h30, o Pe. José Regivaldo dos Passos, sss, assume a Paróquia Sant’Anna e São Joaquim (no Brisamar, em João Pessoa).

Dia 09/01, às 19h30, Pe. Paulo Cordeiro Fontes assume a Paróquia da Imaculada Conceição e São Francisco (no Jardim São Paulo, em João Pessoa).

Dia 10/01, às 19h, o Diác. Edilson Santos da Luz assume a Paróquia Nossa Senhora de Fátima e São João Batista (Riachão do Poço/Sobrado).

Dia 12/01, às 19h30, o Pe. Francisco Abel Pereira Martins assume a Paróquia Nossa Senhora Aparecida (no Jardim Treze de Maio, em João Pessoa).

Dia 13/01, às 19h30, o Côn. Egídio de Carvalho Neto assume a Paróquia Santo Antônio de Lisboa (em Tambaú, João Pessoa).

Dia 14/01, às 19h30, o Pe. Deivson Silva de Santana assume a Paróquia Jesus Ressuscitado (no Anatólia, em João Pessoa).

Dia 14/01, às 19h30, o Pe. Manoel Natalino Marques assume a Paróquia Nossa Senhora das Graças (em Várzea Nova, Santa Rita).

Dia 19/01, às 19h30, o Côn. Mons. Ivônio Cassiano de Oliveira assume a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (no Cabo Branco, em João Pessoa).

Dia 20/01, às 19h30, o Côn. Waldemir Cavalcante Santana assume a Paróquia Nossa Senhora de Fátima (no Miramar, em João Pessoa).

Dia 21/01, às 19h30, o Pe. Manoel Alves Neto assume a Paróquia Nossa Senhora da Soledade e São Sebastião (Juripiranga).

Dia 22/01, às 19h30, o Pe. Luciano Gustavo Lustosa da Silva assume a Paróquia Nossa Senhora da Conceição (no Conde).

Dia 23/01, às 19h, o Pe. Valderedo João de Oliveira assume a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes (no Centro, João Pessoa).

Dia 24/01, às 19h30, o Côn. José Carlos Ferreira Serafim assume a Paróquia São Pedro e São Paulo (em Brisamar, João Pessoa).

Dia 24/01, às 19h, o Pe. Eliezer Pereira de Souza assume a Paróquia São Francisco das Chagas (no Rangel, em João Pessoa).

Dia 12/02, às 19h30, o Côn. José Marcílio Carneiro Cavalcanti assume a Paróquia São Sebastião (em Bayeux).

Dia 13/02, às 19h30, o Pe. Liginaldo dos Santos Miguel assume a Paróquia São João Batista (no Costa e Silva, em João Pessoa).

Dia 14/02, às 17h, o Pe. Elvis Feliciano da Silva assume a Paróquia São José Operário (em Cruz das Armas, João Pessoa).


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese da Paraíba

Materia Retirada do Site da Arquidiocese da Paraíba

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Abertura do Ano Santo da Misericórdia

O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, abre o Ano Santo da Misericórdia na Arquidiocese da Paraíba neste Domingo, dia 13, às 9h, durante celebração na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro de João Pessoa. Dom Aldo vai abrir a Porta Santa na Catedral.
“Um Ano Santo consiste em um perdão geral, uma indulgência aberta a todos e uma possibilidade de renovar a relação com Deus e com o próximo. É sempre uma oportunidade para aprofundar a fé e viver com renovado empenho o testemunho cristão. Desta vez o Papa Francisco convocou o Ano Santo da Misericórdia, colocando no centro das atenções o Deus misericordioso que responde com a plenitude do perdão, pois ‘a misericórdia será sempre maior do que qualquer pecado’ e ninguém pode colocar um limite ao amor de Deus que perdoa os que se voltam para Ele de coração contrito”, explica o Diácono Erionaldo Duarte.

    
O Papa Francisco abriu o Ano Santo em Roma no dia 8 de dezembro. O rito inicial é a abertura da Porta Santa na Basílica de São Pedro. Trata-se de uma porta que é aberta somente durante o Ano Santo e simboliza que, durante este período, oferece-se aos fiéis um “percurso extraordinário” para a salvação. Por determinação do Papa Francisco, durante todo o Ano Santo uma “Porta da Misericórdia” deve ser aberta também em todas as Catedrais. Na Arquidiocese da Paraíba ela vai ser aberta na manhã deste Domingo por Dom Aldo.

Com o lema “Sede misericordiosos como o Pai”, o Ano da Misericórdia vai ser concluído na Solenidade Litúrgica de Jesus Cristo Rei do Universo, no dia 20 de novembro de 2016.
“Entre pessoas, famílias, raças e povos há muita divisão e intrigas. Há muita perda de oportunidades e destruição de seres humanos pelas paixões desordenadas que fervilham em nós e nos dividem. Porém, Deus é Pai de amor que nos envolve no seu amor e perdão misericordioso. O Pai não quer que seus filhos e filhas digladiem-se e se destruam, motivados pelo instinto egoísta de nossa natureza desequilibrada. Jesus trouxe à terra a luz da fé e do amor, superando o ódio e o desejo de vingança. A misericórdia é a iniciativa do Pai que envia o seu Filho, Jesus Cristo, para nos arrancar do poder das trevas e nos conduzir nas sendas do amor, da justiça, da paz de espírito. Ele, o caminho, a verdade, a vida, restaura a comunhão com o Pai entre nós. Pelo seu Espírito, doador da vida e dos dons, supera a ruptura do ódio e da divisão provocada pelo pecado”, explica Dom Aldo.

O que devemos fazer no Ano da Misericórdia?


“Você manifesta a reconciliação que o Pai dá-lhe e espera que você faça o mesmo oferecendo o seu perdão a quem o ofendeu e prejudicou, fazendo visitas e cuidando de enfermos, ensinando a quem não sabe, dando de comer e beber aos famintos e sedentos, também de justiça. Pedir e oferecer bom conselho a quem necessita significa também a correção a quem erra. Não raro, o errado sou eu, não os outros!”, afirma Dom Aldo, que completa: “Acolha a quem de você necessitar, vista quem está nu, também de valores éticos e morais. Console quem anda triste e socorra quem está preso, ainda que seja de suas próprias prisões. Suporte com paciência os defeitos dos outros, ore pelos vivos e defuntos. A experiência humanitária e cristã conta com a força e a coragem divinas, sem as quais não conseguimos fazer nada disso. Interprete a prática das obras de misericórdia em cada situação e circunstância. Há sempre como estar perto e ajudar quem sofre na solidão se renunciarmos ao nosso egoísmo”.



Sobre a Porta Santa na Catedral:


Ela vai ficar no Frontal interno da Catedral, logo após a porta principal da igreja. Antes o Frontal tinha como simbologia dividir, no templo, o sagrado do profano. Agora ele é usado para causar expectativa para a chegada das noivas (com ele fechado, a noiva posiciona-se para entrar na igreja. Quando o Frontal é aberto, ela caminha, então, até o altar).

Feito em estilo colonial, o Frontal foi adaptado para ser a Porta Santa. O trabalho foi feito por uma artista plástica paraibana, que é paroquiana das Neves, a Dona Dôra. Nele foram colocados o nome do Ano da Misericórdia e mais duas inscrições em Latim: “Mater misericordiae” (Mãe da misericórdia) e “Mater Dei” (Mãe de Deus). Em alto relevo estão a imagem de Maria e de Cristo. “O Frontal foi remodelado, sem perder as características originais”, ressalta o Pároco, Pe. Rui Braga.


materia retirada do site da arquidiocese da Paraiba

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Fiés da Cidade do Conde Realizou o seu novenario com uma grande festa a sua padroeira Nossa Senhora da Conceição

Na tarde do último dia 08 de dezembro aconteceu no município do Conde, a festividade a Nossa Senhora da Conceição, que reuniu muitos fies que com a sua devoção a nossa mãe santíssima agradeceu aos pedidos realizado durante a novena que aconteceu desde o dia 28 de novembro com missa em todas as noites com passagens de vários padres de diversas paróquias, que contribuiu no novenario que a vários anos os paroquianos da cidade que tem como Nossa Senhora da Conceição como padroeira, que a cada ano se surpreende a cada um que participa a cada ano do novenario, e a festividade do dia 08 de dezembro se iniciou com a procissão com a imagem da padroeira que percorreu pelas ruas da cidade que cheio de devoção cada um dos fieis cantaram e animaram a procissão, que logo após houve a Santa Missa que mesmo de debaixo de chuva não apagou o grande e maravilhoso brilho de toda a organização da grande festa a nossa mãe santíssima, que este ano teve a presença do padre Paulo Cordeiro da Paroquia São Francisco das Chagas que veio prestigiar e saudar ao féis condense que tem sempre um carinho enorme a cidade do conde, e a data do dia 08 de dezembro lembrou também a abertura do Jubileu do ano da Misericordia aberta pelo o santo padre o Papa Francisco no Vaticano, e isso foi um dos trechos da homilia do padre Elieser, de que nós temos que ser missionários sempre e que devemos ser enviado para que cada um possa levar ao evangelio a quem precisa e que precisamos realizar ações em comunidades carente e devemos começar já agora neste mês de dezembro, e logos após houve a quermesse realizada no salão paroquial, e que a cada ano a paroquia de Nossa Senhora da Conceição realiza o novenario em honra a nossa mãe santissima que leva como padroeira com o titulo de Nossa Senhora da Conceição.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Transferências de Padres na Arquidiocese da Paraíba

Dom Aldo di Cillo Pagatto, Arcebispo da Paraíba
O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, durante reunião já programada do Conselho Presbiteral da Arquidiocese, na manhã de ontem (quarta-feira, dia 2 de dezembro de 2015), definiu a lista de transferências de padres em algumas Paróquias. A transferência é um processo rotineiro e normal que deve ocorrer nas dioceses. “É interessante que um padre, que desempenha um ótimo trabalho numa Paróquia, possa levar essa experiência para outra comunidade. E assim em sequência: um padre passa para outra Paróquia, e para outra, e para outra... É comum, rotineiro, e tem que ser assim até para não criar um possível comodismo. Sabemos que alguns paroquianos, de início, podem ficar insatisfeitos, mas pedimos compreensão e paciência, porque as transferências são feitas por todos os bispos e arcebispos pensando no melhor para a Igreja e para o Povo de Deus. Mas temos certeza que todos vão ser bem acolhidos em suas novas casas”, explica Dom Aldo.


Transferências:

- Pe. Manoel Natalino Marques vai para a Paróquia Nossa Senhora das Graças (em Várzea Nova, Santa Rita).

- Pe. Francisco Abel Pereira Martins vai para a Paróquia Nossa Senhora Aparecida (no Jardim Treze de Maio, em João Pessoa).

 - Côn. Egídio de Carvalho Neto vai para a Paróquia Santo Antônio de Lisboa (em Tambaú, João Pessoa).

 - Côn. Waldemir Cavalcante Santana vai para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima (no Miramar, em João Pessoa).

 - Côn. José Carlos Ferreira Serafim vai para a Paróquia São Pedro e São Paulo (em Brisamar, João Pessoa).

 - Côn. Mons. Ivônio Cassiano de Oliveira vai para a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (no Cabo Branco, em João Pessoa).

 - Pe. Elvis Feliciano da Silva vai para a Paróquia São José Operário (em Cruz das Armas, João Pessoa).

 - Côn. José Marcílio Carneiro Cavalcanti vai para a Paróquia São Sebastião (em Bayeux).

 - Pe. Liginaldo dos Santos Miguel vai para a Paróquia São João Batista (no Costa e Silva, em João Pessoa).

 - Pe. Valderedo João de Oliveira vai para a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes (no Centro, João Pessoa).

 - Pe. José Regivaldo dos Passos, sss, vai para a Paróquia Sant’Anna e São Joaquim (no Brisamar, em João Pessoa).

 - Pe. Luciano Gustavo Lustosa da Silva vai para a Paróquia Nossa Senhora da Conceição (no Conde).

 - Pe. Eliezer Pereira de Souza vai para a Paróquia São Francisco das Chagas (no Rangel, em João Pessoa).

 - Pe. Paulo Cordeiro Fontes vai para a Paróquia da Imaculada Conceição e São Francisco (no Jardim São Paulo, em João Pessoa).

 - Pe. Deivson Silva de Santana vai para a Paróquia Jesus Ressuscitado (no Anatólia, em João Pessoa).

 Também foram anunciados os nomes de 3 auxiliares:

 - Pe. Joseilson de Souza Oliveira será auxiliar na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (no Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa) e Santuário Nossa Senhora da Penha (na Praia da Penha, em João Pessoa).

 - Pe. Marcelo Lima de Oliveira vai ser auxiliar na Paróquia São João Batista (em Itapororoca).

 - Pe. Gedeon José de Oliveira vai ser auxiliar na Paróquia Nossa Senhora de Fátima (no Miramar, em João Pessoa).

 As transferências devem ser feitas somente a partir de janeiro de 2016. As datas de posse ainda estão sendo agendadas.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese da Paraíba


Matéria Retirada do site da Arquidiocese da Paraiba

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

A 252° Romaria da Penha reúne milhares de fiéis

Foto da Imagem de Nossa Senhora da Penha
foto Retirada do site da Arquidiocese da Paraíba
(http://arquidiocesedaparaiba.org.br/index.php)
Milhares de fiéis participaram da tradicional Romaria de Nossa Senhora da Penha, que começou no sábado (28) e terminou no início da manhã deste domingo (29), em João Pessoa. Segundo a estimativa da Arquidiocese da Paraíba, quase 500 mil pessoas percorreram os 14 quilômetros de caminhada. A Polícia Militar estimou o número em mais de 400 mil. Este ano, o evento católico completou 252 anos de realização. 

A caminhada teve início por volta das 22h (horário local), na igreja de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro de Jaguaribe. De lá, a imagem percorreu o trajeto da romaria pelas avenidas João Machado e Pedro II, no bairro da Torre, seguindo pela via expressa Padre Zé e pela avenida principal dos bairros dos Bancários. O percurso ainda seguiu pela avenida Hilton Souto Maior, em Mangabeira, e desceu pela pista de acesso à Praia da Penha, até chegar na praça Oswaldo Pessoa, onde fica o satuário da Penha. No local, já no início da manhã deste domingo, foi realizada uma missa campal celebrada pelo arcebispo da Paraíba, dom Aldo Pagotto.

A Romaria da Penha acontece anualmente no quinto final de semana antes do Natal, que para os católicos é a data em que se encerra o ano litúrgico. A devoção a Nossa Senhora da Penha começou em 1763, quando o português Sílvio Siqueira fez um apelo à mãe de Jesus. Ele, junto com a tripulação de sua embarcação, enfrentava uma grande tormenta no litoral paraibano, pediu para aportar com segurança. A graça foi alcançada e, em retribuição, ele ergueu uma capela onde desembarcou, a então Praia de Aratú, que depois viria a ser chamada de Praia da Penha.




TEXTO RETIRADO DO SITE DO G1 PARAÍBA

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Morre, aos 64 anos, dom José Benedito Simão

Faleceu, na manhã de hoje, 27, o bispo da diocese de Assis (SP), dom José Benedito Simão, aos 64 anos. O bispo estava internado desde a segunda-feira, 23, após sofrer Acidente Vascular Cerebral (AVC) Hemorrágico, durante reunião, na cidade de Marília. 
No comunicado, a diocese de Assis lamenta a morte do bispo que esteve à frente desta Igreja local por seis anos. “Agradecemos a Deus pela vida que se fez dom em nosso meio e pelo ministério episcopal que santificou nosso povo. Confiantes, rogamos ao Senhor, que conceda definitivamente o gozo das alegrias eternas a este
bispo da Igreja”, consta na nota assinada por padre Oldeir José Galdino, do colégio de consultores.
O velório e celebração de exéquias ocorrerão na paróquia Sagrado Coração de Jesus (Catedral de Assis), em horários ainda a serem informados. O dia do sepultamento também será comunicado pela diocese. 
Vida e missão
Com o lema “Paz e Esperança”, dom José Benedito foi nomeado bispo em 28 de novembro de 2001. Natural de Caçapava, interior de São Paulo, nasceu em 1º de janeiro de 1951. Era mestre e doutor em Teologia Moral pela Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense em Roma. 
Na trajetória episcopal, dom José Benedito foi bispo auxiliar de São Paulo, de 2002 a 2009, assessor da Pastoral Universitária do regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre 2002 a 2011, reitor do Centro Universitário Assunção e presidente da Comissão em Defesa da Vida do regional Sul 1, de 2006 a 2009. É autor do livro “Exigências Morais de uma nova práxis cristã na América Latina”.

Materia Retirada do Site da CNBB

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Papa Francisco nomeia três novos bispos para o Brasil

O papa Francisco nomeou no dia 21, padre Paulo Bosi Dal´Bó, como bispo da diocese de São Mateus (ES) (foto, à esquerda). Atualmente, padre Paulo exerce a função de vigário geral da diocese de Colatina,  Espírito Santo.
Ao acolher o pedido de renúncia de dom Redovino Rizzardo, CS, em conformidade com o cân. 401 parágrafo 1º, do Código de Direito Canônico, o papa também nomeou, como bispo de Dourados (MS), padre Henrique Aparecido de Lima, CSSR.
Na mesma data, foi nomeado para a diocese de Jales (SP) o padre José Reginaldo Andrietta (foto, à direita), atualmente pároco da paróquia São Judas Tadeu, em Americana (SP). Ele irá substituir dom Luiz Demétrio Valentini, que teve sua renúncia aceita pelo papa, de acordo com o cân. 401 parágrafo 1º, do Código de Direito Canônico.


Padre Henrique
O novo bispo de Dourados (MS), padre Henrique Aparecido de Lima, nasceu em 28 de julho de 1964, na cidade de Assis Chateaubriand (PR). É filho de Manoel Catarino de Lima e Sebastiana Onofre Lima. Na juventude, ingressou no Seminário de Santo Afonso da Congregação do Santíssimo Redentor. Em maio de 1999 emitiu os votos solenes, sendo ordenado sacerdote em 21 de novembro do mesmo ano.
Em sua trajetória no sacerdócio, atuou na paróquia redentorista de Ponta Porã (MS) e pároco de Aquidauana, no mesmo Estado. Durante seis anos foi membro do Conselho de Consultores Diocesanos de Jardim e administrador diocesano de 2007 a 2008.No ano de 2007, foi eleito vigário da província e, em outro de 2014, assumiu como provincial dos redentoristas de Campo Grande.



Padre Reginaldo
Padre José Reginaldo Andrietta é natural de Pirassununga (SP), nascido em 7 de março de 1957. É filho de Octávio Andrietta e Therezinha Octaviano Andrietta. Recebeu a ordenação presbiteral no dia 18 de março de 1983, na paróquia Senhor Bom Jesus dos Aflitos, na cidade natal.  Possui bacharel em Filosofia e Teologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. É especialista em Catequese pelo Instituto Internacional de Catequese e Pastoral Lumen Vitae, Bruxelas, Bélgica e Catequese e Pastoral pela Universidade Católica de Lovaina (Francófona), Louvain-la-Neuve, Bélgica. Em 2009, concluiu o mestrado em Teologia Pastoral também pela Universidade Católica de Lovaina.
Durante a caminhada no sacerdócio, foi assessor nacional da Juventude Operária Católica Brasileira (1983 a 1987) e também assessor continental da Juventude Operária Cristã Internacional para as Américas do Sul, Central e do Norte, e do Caribe, com sede no Equador (1991 a 1994). Foi vice-coordenador e orientador de estudos do Propedêutico e membro da Equipe de Formadores do Seminário da Diocese de Limeira (1994 a 1997).
Desde 2009, exerce função de pároco da paróquia São Judas Tadeu de Americana (SP). É também diretor eclesiástico da diaconia São Judas Tadeu e professor de Teologia Pastoral do Centro Diocesano de Formação Teológica da Diocese de Limeira. Participa como membro do Conselho de Presbíteros desde 2014. Padre José é autor do livro “Os Jovens Trabalhadores Conquistando Trabalho e Justiça”.



Padre Paulo Bosi
Padre Paulo Bosi Dal´Bó é natural de Rio Bananal (ES), nascido em 27 de agosto de 1962. É filho de Dionísio Dal’Bó e Iolanda Claris Bosi Dal’Bó. É formado em Ciências Contábeis, com especialização em Psicologia da Educação e Psicologia do Desenvolvimento. Cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Vitória (IFTAV). Também possui pós-graduação em Comunicação Social pelo SEPAC (SP).
Recebeu a ordenação presbiteral em 10 de junho de 2000, na paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Em sua trajetória sacerdotal exerceu diferentes atividades. Atuou como formador do Propedêutico, vigário paroquial em Marilândia, reitor do Seminário Diocesano “Maria, Mãe da Igreja” (2006 a 2010), além de coordenador diocesano da Pastoral e Serviço de Animação Vocacional (2004 a 2010). Foi representante dos presbíteros, membro da Pastoral Presbiteral e do Colégio dos Consultores. Em julho de 2015, foi eleito vigário geral da diocese.
No período de 2003 a 2008, atuou como membro da diretoria da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (Osib) do regional Leste II e da diretoria nacional da mesma entidade. De 2008 a 2010 foi presidente nacional da Osib, participando como membro do Conselho Episcopal e Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).Entre as obras publicadas destacam-se “Estar de bem com a vida” e produções sonoros, sendo três CDs: “Cantando com o jovem”, “Meu Profeta” e “Vida, Sonhos e Canções”, além de outras composições. 
Fotos: arquivos pessoais


Agenda da Banda Forró da Benção para o mês de Novembro


A Banda Forro da Benção que é parceiro da rede jampa jovens de comunicação divulga a sua agenda de show para este mês de Novembro, que está muito recheada eis a lista com as cidades contemplada com está benção, como já se diz o nome da Banda Forró da Benção

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Padre Nivaldo Pessinatti é nomeado inspetor do Nordeste

Padre Nivaldo Luiz Persinatti,SDB
novo inspetor do Nordeste
O reitor-mor dos salesianos, padre Ángel Fernández Artime, nomeou com o consentimento do seu conselho - durante os trabalhos da Sessão Estiva do Conselho Geral, o padre Nivaldo Luiz Pessinatti como inspetor da Inspetoria Salesiana do Nordeste. Padre Pessinatti nasceu em 16 de fevereiro de 1951 em Araras (Maribondo), no estado de São Paulo.
Fez o noviciado em Pindamonhangaba, SP, em 1967. Emitiu a profissão perpétua em 1975, em São Paulo, e foi ordenado sacerdote 1977, em Araras, seguindo imediatamente para a Universidade Pontifícia Salesiana, de Roma.
Formado pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras, de Lorena, SP, Brasil, e UPS, de Roma, primeiro exerceu o magistério no Instituto de Filosofia e Pedagogia (Faculdade de Filosofia), de Lorena, SP. Depois foi diretor nas Obras salesianas do São Joaquim, também em Lorena, SP, e do Liceu Coração de Jesus (Campos Elíseos), em São Paulo, SP, além de vigário no Colégio Dom Bosco, de Brasília. De 2009 a 2013 foi o diretor-executivo da CISBRASIL (Conferência das Inspetorias Salesianas do Brasil).
Para a Inspetoria do Brasil-São Paulo foi por 9 anos conselheiro, vigário inspetorial (1988-1994) e inspetor (1999-2005). Colaborou para o início da Rede Salesiana de Ação Social (RESAS) e da Rede Salesiana Brasil; atualmente desempenha o encargo de diretor-executivo da Rede Salesiana das Escolas (RSE).
Doutor em Comunicação Social, é também o diretor da edição brasileira do Boletim Salesiano. Sucederá, no cargo de inspetor da Inspetoria Salesiana do Nordeste o padre Diego Vanzetta.
Padre Ángel Fernández Artime também nomeou ao longo da sessão estiva o padre Joseph Almeida como inspetor para o Sri Lanka.



quarta-feira, 6 de maio de 2015

Missa marca abertura do processo de beatificação de Dom Helder

Dom Helder Camara
Depois de aberto o processo de beatificação, a Igreja recebe a oportunidade de ter mais um Santo brasileiro. E no domingo, 3, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido celebrou a Missa oficial de abertura do processo de beatificação de Dom Helder Pessoa Camara, com a posse do tribunal responsável pela causa. A catedral do Santíssimo Salvador do Mundo, também chamada de Catedral da Sé, em Olinda, ficou repleta de fiéis. Contou, ainda, com várias autoridades civis e religiosas. Entre elas, o arcebispo emérito de João, Dom José Maria Pires, arcebispo emérito da Paraíba e amigo pessoal de Dom Helder.

A celebração foi marcada com a leitura do decreto de constituição do tribunal, responsável pela causa, composto por cinco membros: juiz delegado e promotor de justiça (ambos canonistas), notário, notário adjunto e cursor. O objetivo deste tribunal é analisar os textos publicados por Dom Helder e ouvir pessoas que tiveram contato com o Servo de Deus. Os depoimentos ouvidos serão somadas aos escritos, mensagens, livros e outros objetos relacionados à vida de Dom Helder. Desde o mês passado, a Cúria Metropolitana, no bairro das Graças, em Recife, tornou-se ponto para a coleta para desse material.

Uma comissão histórica atuou durante o pedido de abertura do processo, concluído em maio de 2014, que depois foi apresentado à Santa Sé. Menos de um ano depois, já fevereiro, a arquidiocese recebeu o aval, ratificado por meio de carta enviada pelo prefeito da Congregação Causa dos Santos, cardeal Dom Angelo Amato.

Terminada a fase diocesana, o postulador deverá elaborar o “Positio”, trata-se de um compêndio dos relatos e estudos realizados pela comissão, contendo uma biografia documentada e a apresentação das virtudes teologais e cardeais, com caráter heróico, ou seja, vividas em sua plenitude pelo Servo de Deus. Assim que aprovado, o papa concede o título de Venerável Servo do Senhor.

A penúltima etapa é a da beatificação. Ser beato, ou bem-aventurado, significa representar um modelo de vida para a comunidade e, além disso, que essa pessoa tem a capacidade de agir como intermediário entre os cristãos e Deus. Para isso será necessário o reconhecimento de um milagre realizado por intercessão do Servo de Deus.

Depois, ainda é preciso passar por mais uma fase: a canonização. Para ser proclamado santo é imprescindível a comprovação de outro milagre, que deve ocorrer após sua nomeação como beato.





fonte: Por Centro Vocacional, com Arquidiocese de Olinda e Recife

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Jovens da Paroquia Nossa Senhora das Dores, Realiza mais uma edição do Encontrão Jovem “O SONHO II”

 No último, dia 19 de abril, aconteceu no Salão da Matriz de Nossa Senhora das Dores O Encontrão Jovem O Sonho II, que este ano relembrou o sonho Caramanchão de Rosas, e foi com uma grande alegria e com coração acolhedor da nossa mãe, acolhemos os Salesianos Luan, SDB e Wilker, SDB, que se sentiram encantado com a acolhida dos jovens, e o sonho iniciou com a celebração da Santa Missa presidida pelo o Padre Sérgio Aquino, SDB, e logo após a missa teve a continuação do Sonho com apresentação de Dança feita pelo o Grupo da RCC Arte e Dança Água Cristalina, e no decorrer do dia houve muito louvor com o ministério da comunidade de Nossa Senhora da Conceição  Adoração Divina que animou todos os jovens presentes com ritmos juvenil, e logo após o louvor houve o momento de pregações com o Salesiano Wilker, SDB, que falou sobre a vida de Dom Bosco, pai e mestre da Juventude, e está pregação foi uma preparação para as dinâmicas que relembraram das dificuldades em que passamos na nossa vida e que todos os jovens que participaram tiveram o momento de passar e conhecer mais sobre a historia de Dom Bosco, e em seguida foi a vez do Salesiano Luan, SDB, contar um pouco sobre a história do sonho Caramanchão de Rosas, e foi um papo muito divertido sempre interagindo com os jovens presentes e o ultimo momento de animação houve todo o carisma da Consolação Misericordiosa que animou mais e mais a juventude que pularam e cantaram com a Irmã Céu, e para encerrar o momento de mais uma edição do Sonho houve a benção de Nossa Senhora Auxiliadora dada pelo o nosso vigário padre Sergio Aquino, SDB, e que este ano houve representantes das outras articulações Salesiana (AJS) de Gravatá-PE, Gramoré-RN, Caetés-PE,  que participaram do encontrão jovens que pelo o 3° ano realiza o evento sempre com grande sucesso e sempre acolhendo a nossa Juventude para sempre seguir o caminho de Dom Bosco e Nossa Senhora Auxiliadora.



PASCOM NOSSA SENHORA DAS DORES

quinta-feira, 26 de março de 2015

Papa Francisco reza pelas vítimas de acidente aéreo

   Em comunicado emitido pela Sala de Imprensa do Vaticano, o papa Francisco manifestou pesar pelo acidente do Airbus A320 da companhia aérea alemã Germanwings que caiu nos Alpes franceses, na terça-feira, 24. Faleceram no acidente 144 passageiros e seis tripulantes que iam de Barcelona, na Espanha, para Dusseldorf, na Alemanha. Dentre as vítimas estavam estudantes que participavam de intercâmbio.
    O papa Francisco disse estar unido “ao luto dos familiares das vítimas e reza pela paz dos falecidos, confiando-lhes à misericórdia de Deus para que os acolha em sua morada de paz e de luz”. O pontífice manifestou, ainda, seu afeto a todos aqueles “que foram tocados por essa tragédia e aos socorristas que intervêm em condições difíceis”. O papa rezou “ao Senhor para que dê a todos força e consolo e invoca sobre todos as bênçãos de Deus”
A Conferência Episcopal Espanhola também se une à dor dos familiares das vítimas. Os bispos espanhóis pedem orações aos falecidos nesta tragédia aérea.  

FONTES: News.va e CNBB

terça-feira, 3 de março de 2015

Comunicado da CNBB sobre as manifestações sociais

Nesta terça-feira, 3 de março, o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, emitiu comunicado por meio do qual esclarece o posicionamento da entidade com relação às manifestações sociais. 

COMUNICADO DA CNBB SOBRE AS MANIFESTAÇÕES SOCIAIS 
Diante de informações divergentes veiculadas em redes sociais a respeito de seu posicionamento quanto às manifestações sociais anunciadas para os dias 13 e 15 do corrente mês, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – sente-se no dever de vir a público para reafirmar que não toma partido em relação às propostas dos responsáveis pela convocação e realização das referidas mobilizações.
A CNBB considera, porém, legítimas as manifestações da sociedade, desde que transcorram em clima de respeito à pessoa humana, aos bens públicos e particulares.

Cardeal Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida – SP
Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB

Texto Retirado do Site da CNBB

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Emissoras católicas transmitem abertura da Campanha da Fraternidade

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) fará a abertura oficial da Campanha da Fraternidade 2015, na Quarta-feira de Cinzas, 18 de fevereiro, às 10h45, na sede, em Brasília (DF). O evento será transmitido, ao vivo, pelas emissoras de inspiração católica: Rede Vida, Nazaré, Aparecida, Evangelizar, Horizonte, Século 21 e Canção Nova.
O bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, presidirá a cerimônia. Estarão presentes representantes do governo e de entidades da sociedade civil. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias de Sousa; o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado Coelho; e a secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), pastora Romi Márcia Bencke, confirmaram presença.
Na ocasião, será divulgada a mensagem do papa Francisco para a Campanha da Fraternidade 2015. Após a cerimônia de abertura, haverá atendimento à imprensa.
Igreja e Sociedade
Com o tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e lema “Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45), a Campanha da Fraternidade (CF) 2015 buscará recordar a vocação e missão de todo o cristão e das comunidades de fé, a partir do diálogo e colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Paroquia Nossa Senhora das Dores Realiza a 7° edição da Colônia de Férias 2015

A colônia de Férias na Matriz de Nossa Senhora das Dores que teve como o tema “Sem Fronteira” um só coração reuniu muitas crianças durante as duas semana de colônia, que este ano foi realizada a sétima edição, que sempre com os ensinamento de Dom Bosco educa as crianças para sempre um caminho melhor, e este ano foi uma inovação da Matriz, que anos anteriores era só realizada em uma semana de colônia, mais nessa edição de 2015 foi diferente esta sétima edição foi  realizada em duas semanas em que as crianças pode aproveitar mais das oficinas que foi disponibilizada para elas, e houve colônia também na Comunidade de Santa Clara em que os animadores da Matriz levaram a animação também para as crianças desta comunidade que foi realizada em dois dias de muita diversão e brincadeiras e que na Matriz a cada dia em que passava os dias as crianças ficava mais admiradas com a alegrias da juventude em que estavam animando a colônia, e esse ano os Salesianos Arlan Braga, sdb e Sharlon, sdb, gostaram do que viram da colônia de férias na Matriz de Nossa Senhora das Dores e deram um maravilhoso apoio aos coordenadores Alessa Guerra e Montegomere Junior que este ano tiveram a frente de toda a organização, e foram duas semanas de muita evangelização e aprendizagem para as crianças que puderam se divertir e ser evangelizada e no ultimo dia de colônia que foi no dia 16 de janeiro foi realizada no Salão Paroquial da Matriz  o encerramento de mais uma edição que foi a 7° edição e foi uma noite de muita festa em que os pais e familiares das crianças puderam prestigiar as obras e talentos em que as crianças aprenderam durante as duas semana de colônia e houve também nesta noite festiva apresentações de Ballet, Hip Hop, a turma de percussão e de apresentações de teatro em que levantaram e emocionaram os presentes que contou a historia da caminhada da criação da congregação Salesiana no Mundo e assim se encerra mais um ano da colônia da Paroquia de Nossa Senhora das Dores que este ano de 2015 está na sua  sétima edição de muita evangelização e aprendizagem.



PASCOM NOSSA SENHORA DAS DORES
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial

Publicidade!

Publicidade!

Veja o Nosso Canal no Youtube

Mapa de Acesso da Jampa Jovens

CLIQUE AQUI E CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

PARCEIROS DA JAMPA JOVENS

Publicidades

Publicidades

Anuncie Aqui clique e saiba mais...

Copyright © Jampa jovens | Suporte: Mais Template