.
Very Recent Posts

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Sem romaria, imagem de Nossa Senhora da Penha fez peregrinação por João Pessoa

Sem romaria, imagem de Nossa Senhora da Penha fez peregrinação por João Pessoa

Pelo segundo ano consecutivo sem a tradicional Romaria da Penha, que reúne milhares de fiéis em João Pessoa, a programação da 258ª Festa da Penha este ano fez uma peregrinação com a imagem de Nossa Senhora da Penha pelas ruas da capital paraibana no sábado (27). A festa de começou no último dia 20 e teve o seu encerramento neste domingo (28).
A imagem da santa saiu do santuário da Penha às 14h30, dando início a peregrinação que passou por ruas de bairros como Bairro dos Estados, Bancários, Cabo Branco, Castelo Branco, Centro, Cidade Verde, Cruz das Armas, Cuiá, Geisel, Jaguaribe, João Paulo II, Manaíra, Mandacaru, Mangabeira, Oitizeiro, Seixas, Tambaú e Valentina.
Durante o percurso, alguns fiéis se reuniram nos locais onde a imagem passou para celebrar e pedir principalmente por saúde. “É muito diferente. A gente sente muito, mas ela está conosco todos os dias e eu creio. O pedido especial é por saúde, por paz, para minha família e para o mundo inteiro, que nós estamos precisando”, disse a aposentada Maria da Glória Silva.

Quem também sente a falta da romaria é Maria de Lourdes Silva Vitor, também aposentada, que vai completar 80 anos e disse que nunca deixou de ir a uma caminhada de Nossa Senhora da Penha.

“Faz dois anos que eu não faço a caminhada, mas eu tenho muita fé em Nossa Senhora e espero que um dia volte, para que eu continue a ir todos os anos com meus filhos”, falou.

Durante o percurso, a peregrinação passou por seis locais de saúde da capital, entre hospitais e UPAs. Segundo o reitor do Santuário da Penha, Monsenhor Nereudo, para homenagear os profissionais que dia a dia estão no combate à pandemia.
“É um momento especial, um momento de oração, de conversão. Queremos um mundo fraterno, um mundo solidário, para que possamos superar a Covid-19”, contou Monsenhor Nereudo.
Quem se emocionou com a visita foi a assistente social Rayana Maranhão, do Hospital Municipal do Valentina. “É muito emocionante a gente receber a santa, a nossa padroeira. Essa visita acontece em um ano muito difícil para todos e principalmente para nós, profissionais de saúde”, contou.

A diretora do hospital, Darcy de Fátima, também ficou emocionada. “Estou muito feliz por poder agradecer a Nossa Senhora da Penha por tantas bênçãos, tantas vitórias, e por ter passado essa pandemia longe da Covid. Nunca me afastei do trabalho aqui, só bênçãos, só agradecer”, relatou.

Após a peregrinação, Dom Manoel Delson, arcebispo da Paraíba, celebrou uma missa campal onde costumava acontecer o encerramento da Romaria. O local foi cercado, com entradas controladas para garantir o acesso das pessoas com o uso correto da máscara, verificação da temperatura e higienização das mãos e além da comprovação das duas doses da vacina contra o Covid-19.
Segundo a Arquidiocese, foram colocadas 2,5 mil cadeiras na área, que foram preenchidas por ordem de chegada. A missa também foi transmitida no canal no Youtube do santuário.

Neste domingo (28), a festa foi encerrada com uma linda celebração presidida pelo o reitor do Santuário Monsenhor Nereudo, que celebrou com todo povo de Deus presente no santuário, e a santa missa foi transmitida pelo canal oficial do YouTube. As missas no santuário aconteceram com controle de público, distanciamento social e uso obrigatório de máscara.

Confira mais fotos:
Redação

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Paróquia Sagrada Família realizou o I Cerco de Jericó

Paróquia Sagrada Família realizou o I Cerco de Jericó

A Paróquia Sagrada Família, no bairro de mangabeira IV, realizou o I Cerco de Jericó, que ocorreu de 22 a 28 de Novembro, na Igreja Matriz Sagrada Família. com o tema " ...Vinde a mim e novo te farei" Essa foi a primeira vez que o local recebeu esse momento de fé, reunindo fiéis de toda a Paróquia, e todas as noites houve a celebração da missa durante os sete dias e sete noites de oração.

O momento de espiritualidade retrata uma passagem bíblica e representa a superação dos obstáculos. “O texto sagrado nos conta que antes de chegar à terra prometida, o povo de Israel se viu diante das grandes muralhas de Jericó, que os impediam de prosseguir a caminhada. Obedecendo a voz de Deus, Josué, sucessor de Moisés e líder do povo, convidou os israelitas a orarem durante sete dias e sete noites, rodeando as muralhas de Jericó, tendo à frente a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus que caminha com seu povo. Josué e os israelitas acreditaram na promessa divina de que no sétimo dia, durante a sétima volta, as muralhas cairiam e eles alcançariam a vitória, algo que aconteceu, Deus agiu e quebrou as muralhas”.

 

Programação do I Cerco de Jericó

A abertura do cerco de Jericó aconteceu nesta segunda-feira, dia 22, Durante o Cerco, houve missas todos os dias, às 19:30 horas, o Santíssimo Sacramento ficou exposto para adoração durante todo o dia das 12:00 até as 19:00 horas todos os sete dias. No sétimo dia, o Dia da Vitória, as muralhas cairão, o encerramento se deu neste domingo (28), com  a Santa Missa e benção do Santíssimo Sacramento, onde foi um momento de muitas bençãos e milagres aconteceram, onde que os fiéis lotaram a igreja Matriz Sagrada família para este momento lindo de oração e o padre Moisés falou que “ O Cerco de Jericó busca aproximar ainda mais a comunidade da igreja. "Será uma Semana de de aprofundamento, de realmente manter viva essa chama do Espírito Santo dentro de nós". Padre Moisés Coelho. 



confira algumas fotos do Cerco de Jericó






fotos Pascom Sagrada Familia

DA REDAÇÃO

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Recém-criada Paróquia Maria Mãe da Igreja, localizada no bairro Vieira Diniz, realiza um Seminário de Mariologia entre os dias 22 e 24 de novembro.

Recém-criada Paróquia Maria Mãe da Igreja, localizada no bairro Vieira Diniz, realiza um Seminário de Mariologia entre os dias 22 e 24 de novembro.

 

A recém-criada Paróquia Maria Mãe da Igreja, localizada no bairro Vieira Diniz, realiza um Seminário de Mariologia entre os dias 22 e 24 de novembro. O objetivo da formação é atender à demandas pastorais da Paróquia e também ser um espaço aberto público para quem deseja aprofundar mais nos conhecimentos sobre o papel fundamental de Maria na vida da Igreja.

Os 3 dias de formação contarão com a assessoria dos Diáconos Ringson e Wanderlan, além do Administaador Paroquial Pe. Adriano da Silva Soares. “Estamos vivendo o Ano Pastoral Mariano, que teve início quando nossa igreja ainda era Área Pastoral. Tivemos várias iniciativas, como catequeses, momentos de espiritualidade com as famílias e comunidades, celebramos a criação da Paróquia no mês de agosto e agora vamos ao ápice do ano com o Seminário de Mariologia, que vai nos ajudar a compreender o papel de Maria dentro do mistério salvífico redentor que Deus nos proporciona”, explica Pe. Adriano.

O Seminário é aberto ao público e não necessita de inscrição prévia.

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Somos igreja jovem depois de 2 anos DNJ da Paraíba é realizado em Campina Grande

Somos igreja jovem depois de 2 anos DNJ da Paraíba é realizado em Campina Grande

Após 2 anos sem a realização presencial do Dia Nacional da Juventude, o DNJ, os jovens voltaram a se reunir em um grande evento para celebrarem com entusiasmo o dia dedicado a juventude. O DNJ foi realizado no Clube Campestre, situado no bairro do Catolé, em Campina Grande, e reuniu também jovens das demais Dioceses da Paraíba, uma vez que o evento foi provincial.

A forma presencial reuniu 350 participantes, além de 100 jovens voluntários nas equipes de serviço. Além da juventude da Diocese local, 5 jovens das demais Igrejas Particulares vieram acompanhados por seus Padres Assessores, que também prestigiaram. Para quem não pôde estar presente, o evento foi transmitido virtualmente pelas redes sociais da Diocese e do Setor da Juventude, oportunizando a participação à distância.

Com o tema: “Maria partiu apressadamente: Ide amar e servir!”, o DNJ reservou à juventude uma programação variada, com apresentações artísticas, adoração ao Santíssimo Sacramento, animação, pregações e a Santa Missa, que foi presidida por Dom Dulcênio Fontes de Matos, Bispo Diocesano de Campina Grande.

Santa Missa

O ápice do encontro foi a Santa Missa que foi concelebrada pelos Padres Coordenadores do Setor Juventude de suas respectivas Dioceses, que são os Padres Rodolfo Lucena (Diocese de Campina Grande), Eunildo (Arquidiocese da Paraíba), Alexandre (Diocese de Patos), Felipe (Diocese de Guarabira) e o Rodolfo (Diocese de Cajazeiras). Além disso, também presentes alguns seminaristas diocesanos de Campina Grande. 

 

Na homilia, Dom Dulcênio refletiu sobre a cura do cego Bartimeu, proposto no evangelho deste 30º Domingo do Tempo Comum. Segundo o Bispo, Bartimeu não desistiu diante das dificuldades, mas com fé foi até Jesus que o curou.

“Bartimeu, antes de ser curado dos olhos fisiológicos, pelo seu pedido de piedade, foi, imediatamente, curado do olhar do seu coração. Tudo isto como produto da fé, que produz o discernimento. A atitude de discernimento é aquela que impede a obstinação, é, portanto, uma expressão orante da fé”.

No ensinamento do Bispo, Bartimeu esteve aberto e permitiu-se ser fitado pelo Senhor, de quem procede toda a ação da escolha do ser humano por Ele. Destacou que o cego soube discernir e seguir os passos de Jesus: “Discernir-nos por Cristo, permanecendo no Seu caminho, na Sua Igreja, é construir uma consciência de si na própria verdade; é ver-se como Deus nos vê, na experiência da Sua misericórdia”.

Ao se dirigir aos jovens, Dom Dulcênio pediu a todos que sejam presença viva e atuante no mundo, a exemplo de tantos santos que empenharam o vigor da sua juventude a viver o evangelho: “Tornem-se reflexo do Cristo jovem e ofereçam ao mundo, aos outros jovens, o seu testemunho”, comentou.

Incentivou-os ainda, a serem servidores e a não guardarem a grande novidade do Cristo para si, mas proporcionar aos outros a graça do encontro com o mestre: “Entendei que amar e servir, tal como sois enviados, é facilitar o encontro dessas pessoas com Cristo; não em qualquer lugar, mas no Caminho, na Igreja. Isto é missão; isto é a urgência do Evangelho, que dignifica vidas, singularmente”, comentou.

O evento

“Maria partiu apressadamente: Ide amar e servir!”, essa foi a grande motivação e reflexão do DNJ, que trouxe o tema em sintonia com o que foi proposto pelo Papa Francisco para a Jornada Mundial da Juventude, que acontece em Lisboa no ano de 2023.

Uma novidade no formato híbrido foi a realização de 4 workshops aplicados de forma virtual, ao todo 116 jovens participaram. Os temas foram: Céu, inferno e purgatório, ministrado por João Valter; Liderança, ministrado por Gustavo Lucena; como lidar com as perdas, trabalhado por Alessandra Freitas e O jovem cristão no mundo digital, destrinchado por Guilherme e Naryele.

No decorrer do evento, lá no Campestre, no período da manhã, realizou-se um momento mariano e a Missa; à tarde, apresentação artística e pregação com o Padre Carlinhos que falou sobre o tema do encontro; em seguida, Adoração ao Santíssimo Sacramento.

Ao final do evento, o Padre Rodolfo destacou o empenho de todos para fazer acontecer o DNJ, momento este que começou com a Semana Missionária da Juventude que embalou todas as Paróquias da Diocese em preparação para o DNJ.

O Dia Nacional da Juventude foi promovido e organizado pelo SETOR DIOCESANO DA JUVENTUDE de Campina Grande, coordenado pelo padre Rodolfo Lucena e composto por representantes das diversas expressões juvenis da Diocese.

Ao final do encontro, os jovens receberam de todos os Padres a benção de envio para voltarem às suas comunidades e levarem o Evangelho a outros jovens.

Por: Ascom com informações Setor Diocesano da Juventude; correção: Pedro Freitas
Fotos: Joaquim Urtiga
A Comunidade Sagrado Coração de Jesus, Realizou a Festa do nosso co-padroeiro Santo Antônio de Sant’Anna Galvão

A Comunidade Sagrado Coração de Jesus, Realizou a Festa do nosso co-padroeiro Santo Antônio de Sant’Anna Galvão

A Comunidade Sagrado Coração de Jesus no bairro de mangabeira IV, realizou nos dias 22 à 25 deste mês, a Festa do nosso co-padroeiro Santo Antônio de Sant’Anna Galvão ou como é mais conhecido São Frei Galvão, primeiro Santo brasileiro. Todos os dias houve, novena, Santa Missa, veneração da Relíquia de 1° grau de Frei Galvão e a tradicional quermesse, após as celebrações, com muita comida gostosa em nossas lanchonetes e animação de sempre.

O santo Frei Galvão conhecido como “o homem da paz e da caridade”,é o religioso cujo coração é de Deus, mas as mãos e os pés são dos irmãos. Toda a sua pessoa era caridade, delicadeza e bondade: testemunhou a doçura de Deus entre os homens. Era o homem da paz.
A devoção a esse santo religioso da Ordem franciscana dos Frades Menores, se dar também por muitos milagres e graças alcançadas por fiéis enfermos que rogaram a sua intercessão e recorreram as milagrosas pílulas de Frei Galvão.

No dia 25 de Outubro, foi celebrado a sua memória solenemente em nossa comunidade, que teve como presidente da celebração o nosso pároco administrador padre Moisés Coelho, que junto com todo o povo de Deus realizou uma linda celebração e logo após a benção final houve como de costume foi distribuido cerca de 150 pílulas de Frei Galvão, ao final da celebração.


Sobre a Relíquia




Relíquia é aquilo que resta dos corpos dos santos, ou os objetos que estiveram em contato com Cristo ou com os santos. As relíquias são veneráveis porque os corpos dos santos foram templos e instrumentos do Espírito Santo e ressuscitarão um dia na glória (Conc. de Tr. 25). Na capela Sagrado Coração de Jesus, o devoto pode conhecer uma relíquia de primeiro grau que está em exposição permanente, um fragmento do osso de Frei Galvão.
Em meados de 2008, cerca de um ano após a canonização de Frei Galvão, a comunidade do Sagrado Coração de Jesus, teve o privilégio de receber como presente, a Relíquia de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, ofertada pelos padres responsáveis do Santuário ao então Arcebispo da Paraíba, hoje Emérito, Dom Aldo di Cillo Pagotto, SSS (in memoriam), que presenteou a comunidade, tornando assim, a capela, a primeira igreja do nordeste a ter exposta a relíquia do primeiro santo brasileiro. Foi então celebrada missa solene, presidida por Dom Aldo que deu sua benção à Relíquia e as Pílulas de Frei Galvão, que foram distribuídas após a missa. Hoje abaixo da imagem de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, co-padroeiro da comunidade, fica exposto em um quadro, o registro e certificado da relíquia, atestando sua autenticidade. E a relíquia em si, está fixada no altar, em um depósito de mármore que protege o relicário onde está contido o fragmento do osso do santo brasileiro. Venha conhecer, venerar e pedir a sua graça a ser alcançada pela intercessão de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão.

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Comunidade de Nossa Senhora Aparecida no bairro de Mangabeira celebra os seus 16 anos de existencia

Comunidade de Nossa Senhora Aparecida no bairro de Mangabeira celebra os seus 16 anos de existencia

O Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, é celebrado por todo Brasil e pelo mundo nesta última terça-feira (12). No Bairro de Mangabeira 2, a Comunidade que tem o nome de Nossa padroeira do Brasil, realizou o encerramento da sua festividade que este ano foi a 16 edição.

A Comunidade esteve em festa desde o dia 09 de outubro, com celebrações diárias e quermesse. No dia 12, houve a missa sendo esta uma missa campal, para acolher o maior número de pessoas mantendo as regras do distanciamento ainda exigido pelas normas sanitárias. Antes da celebração houve uma carreata saindo da igreja Matriz e passando pela comunidade Sagrado Coração de Jesus no mangabeira IV e pelos os principais pontos do bairro de mangabeira seguindo em direção a capela de Nossa Senhora Aparecida no mangabeira II, onde a solenidade se encerrou com a santa missa campal celebrada pelo o pároco Padre Moises que em sua homilia destacou a importância de Nossa Senhora em nossa vida.


 E logo após a santa missa que também houve a presença de algumas autoridades como o Deputado Estadual Eduardo Carneiro, e logo após houve a quermesse e também teve a realização de um bazar.




sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Paróquias dedicadas à Nossa Senhora Aparecida festejam a padroeira do Brasil

Paróquias dedicadas à Nossa Senhora Aparecida festejam a padroeira do Brasil

 

No dia 12 de outubro a Igreja no Brasil celebra sua Padroeira, Nossa Senhora Aparecida. A devoção nasceu em 1717, quando pescadores encontraram a imagem de Nossa Senhora da Conceição no Rio Paraíba. Ao longo dos mais de 300 anos de história, a “Mãezinha Aparecida”, como é carinhosamente chamada pelos fieis devotos, é padroeira de Paróquias e Capelas por todo país. Na Arquidiocese da Paraíba, 4 Paróquias são dedicadas à ela e comemoram com o retorno presencial dos fieis aos festejos.

No bairro Valentina Figueiredo, a Paróquia já está em festa desde o dia 1º de outubro, com celebrações diárias e quermesse. No dia 12, haverá missa às 6h30, às 9h e às 17h, sendo esta uma missa campal, para acolher um maior número de pessoas mantendo as regras do distanciamento ainda exigido pelas normas sanitárias. Após a celebração das 17h, acontecerá uma carreata; após a missa das 9h, haverá uma festa para as crianças.

Já a Paróquia Nossa Senhora Aparecida do bairro Treze de Maio faz sua festa entre os dias 9 e 12 de outubro. De 9 a 11 haverá missa às 19h, com barracas de lanche no sistema de retirada. No dia 12 a Paróquia promove uma carreata às 6h e, em seguida, missa às 8h. Às 17h, missa de encerramento da festa.

No Colinas do Sul / Gramame, a Paróquia está em festa desde o dia 3 de outubro e segue com missa todos os dias às 19h30. No dia 12 haverá carreata com saída às 16h e missa de encerramento às 19h30.

Perfis oficiais das Paróquias:

Colinas do Sul / Gramame

Treze de Maio

Cristo Redentor

Valentina Figueiredo

ROMARIA DA GUIA

O Santuário de Nossa Senhora da Guia, localizado em Lucena (litoral norte), tradicionalmente promove a Romaria da Guia, que atrai milhares de fieis há 30 anos no dia 12 de outubro. Porém, assim como ano passado, este ano a Romaria não será realizada. Na Paróquia Sagrado Coração de Jesus Menino, responsável pelo Santuário e pela Romaria, serão celebradas 3 missas: às 6h, 7h30 e 9h30. As pessoas serão acolhidas por ordem de chegada, respeitando o limite de vagas e seguindo todos os protocolos sanitários.

Foto destaque: Thiago Leon / Edição: Rosane Pereira (Santuário Nacional)

Atenção, juventude! Vem aí o DNJ 2021

Atenção, juventude! Vem aí o DNJ 2021

O Dia Nacional da Juventude na Arquidiocese da Paraíba já está marcado: dia 16 de outubro. Todas as expressões de juventude estão convidadas a participar deste evento que será realizado no Seminário Arquidiocesano, bairro Castelo Branco, a partir das 15h.  A programação vai até às 18h e, para contemplar a todos, também será transmitida online para ser acompanhado de todos os lugares. O DNJ deste ano traz como lema “Que sejam um!” (Jo 17,21).


As inscrições devem ser feitas através deste formulário online. Serão 6 vagas por grupo / movimento / comunidade e é solicitada uma taxa de R$ 5,00 por pessoa. Todas as instruções estão no link de inscrição. O DNJ será desenvolvido com uma grande gincana no ginásio do Seminário. Desta forma, a capacidade máxima é de 150 pessoas, de forma a garantir as regras do protocolo de normas sanitárias e de saúde.

O Dia Nacional da Juventude surgiu em 1985 (Ano Internacional da Juventude, ONU) como uma atividade permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que é realizada nas dioceses de todo o país. O DNJ visa celebrar a vida dos (as) jovens de forma alegre, descontraída e comprometida com a realidade social em que vivem, tendo como base a Pessoa e a Mensagem de Jesus Cristo.

Redes Sociais
Acompanhe todas as novidades do Setor Juventude da Arquidiocese

segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Jovens e adultos da paróquia Nossa Senhora das Dores, recebem o sacramento da Crisma

Jovens e adultos da paróquia Nossa Senhora das Dores, recebem o sacramento da Crisma

Na última sexta-feira , dia 03 de setembro de 2021, aconteceu a missa do santo crisma, na igreja matriz de Nossa Senhora das Dores, no bairro de Mangabeira VIII - Cidade Verde, com o nosso arcebispo Dom Manoel Delson, foi-se crismado uma parte de uma turma adulta juntamente com os crismando da comunidade Nossa senhora da Conceição, a outra parte das turmas de crismados, receberam o sacramento no domingo dia 05 de setembro de 2021, e nas duas celebrações foram reipeitadas as determinações sanitária, que estiveram presente dentro da igreja os crismandos juntamente com os seus padrinhos, e nestas noites celebrativas esteveram presentes o pároco padre Marcelo, sdb e os vigários padre Renato, sdb, e padre Sérgio, e dos diáconos João antes, e Wuvagton, e o nosso arcebispo, em sua homilia falou da importância do Sacramento que aqueles jovens receberam naquela celebração "o sacramento do crisma é um dos sacramentos de iniciação na vida cristã na igreja católica, como aconteceu  no dia de Pentecostes, onde o paráclito desceu sobre a população ali reunida, como o espírito santo desceu sobre os jovens na confirmação".

Pascom Nossa Senhora das Dores

** Texto editado por Jampa Jovens**

domingo, 29 de agosto de 2021

Papa nomeia Mons. Marini bispo de Tortona

Papa nomeia Mons. Marini bispo de Tortona

O Papa Francisco nomeou bispo de Tortona seu mestre de cerimônias, monsenhor Guido Marini. A notícia foi divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé e anunciada pelo arcebispo de Gênova, Dom Marco Tasca, no Santuário Nossa Senhora da Guarda de Gênova, diocese de origem do novo bispo, que sucede Dom Vittorio Francesco Viola, recentemente chamado ao Vaticano como secretário do Dicastério para o Culto Divino.
Monsenhor Marini, de 56 anos, entrou no seminário quando o cardeal Giuseppe Siri era arcebispo de Gênova.  Foi ordenado sacerdote pelo cardeal Giovanni Canestri (que foi bispo de Tortona por quatro anos) e tornou-se seu secretário particular, bem como dos sucessivos arcebispos, Dionigi Tettamanzi e Tarcisio Bertone.
Com Tettamanzi tornou-se Mestre das celebrações litúrgicas da arquidiocese, ofício também confirmado por Bertone e Angelo Bagnasco. Durante este período fundou o "Collegium Laurentianum", associação de voluntários para o serviço da ordem e acolhida da catedral.
Após a chegada do cardeal Bertone a Gênova, tornou-se o responsável pela escola da arquidiocese, diretor espiritual do seminário, onde lecionou Direito Canônico, e então chanceler da Cúria e prefeito da catedral.
Em outubro de 2007, Bento XVI o nomeou Mestre das celebrações litúrgicas do Sumo Pontífice, sucedendo a outro Marini, o arcebispo Piero, que havia acompanhado boa parte do longo pontificado de São João Paulo II.
Monsenhor Guido Marini foi o "diretor" das liturgias do pontificado do Papa Ratzinger, em Roma e durante suas viagens pelo mundo. No momento da eleição de Francisco, em 2013, dedicou-se inteiramente ao novo Papa, interpretando a sensibilidade litúrgica, sóbria e essencial, com um entendimento recíproco que já dura mais de oito anos.
Em janeiro de 2019, Francisco confiou-lhe também a responsabilidade do Coral da Sistina, a Capela Musical Pontífícia. Marini cuidou da realização da Statio Orbis em 27 de março de 2020, a oração solitária do Pontífice na Praça de São Pedro vazia, sob copiosas chuvas, para pedir o fim da pandemia.

Parceiro

Publicidade!

Publicidade!

Veja o Nosso Canal no Youtube

Publicidade!

Publicidade!

Mapa de Acesso da Jampa Jovens

Anuncie Aqui clique e saiba mais...

CLIQUE AQUI E CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Facebook da Rádio Jampa Jovens

Direito Reservado a Rede Jampa Jovens de Comunicação LTDA. Tecnologia do Blogger.